Site Electronica-Duartes.com


As dicas de reparação apresentadas neste site, são destinadas aos técnicos de electrónica. Não tente fazer uma reparação se não tem conhecimentos técnicos que lhe permitam fazer uma reparação na área da electrónica em segurança. Nesta área, muitos aparelhos apresentam tensões muito elevadas em alguns circuitos, que podem constituir um grave risco para a vida de quem os tente reparar, sem que para isso tenha conhecimentos técnicos adequados.

A sua vida é muito importante, não arrisque reparar estes aparelhos se não tem conhecimentos técnicos para o fazer.


***O endereço do Fórum electronica-duartes foi alterado*** Por Favor Clique Aqui para entrar***














O Circuito Horizontal das Tvs





  • O circuito de Deflexão Horizonal das TVs

    As principais funções do circuito de deflexão horizontal das tvs são duas:

    --> Movimentar o feixe eletrónico da esquerda para a direita na tela.
    --> A produção de alta tensão (MAT) para o cinescópio funcionar.

  • Transístor de Saída Horizontal

    Este transístor é um dos componentes principais de uma tv.Fica situado próximo do transformador de saída horizontal (transformador de linhas ou fly back).Este transístor, recebe na sua base o sinal do driver horizontal, amplifica-o e injecta-o de seguida no transformador de saída horizontal.A saída horizontal de uma tv, é a área onde se verifica um maior número de avarias.O transformador de saída horizontal, é muitas vezes o responsável por algumas das avarias verificadas neste componente.

  • Transformador de Linhas, (de Saída Horizontal ou Fly Back)

    Este transformador, é o componente principal do estágio horizontal.Trata-se de um transformador com núcleo de ferrite e onde é produzida a muito alta tensão (MAT) cerca de 25.000V + ou - a qual é essencial para o funcionamento do tubo de imagem.Neste transformador, também são obtidas algumas fontes de tensão: tensão de foco, cerca de 7.000V (ajustada por um pontenciómetro para controlar a nitidez da imagem), tensão de Screen, 600V ou mais, com ajuste através de um potenciómetro para controlar o brilho da imagem,fonte de 6VAC para alimentar o filamento (ao filamento também poderá ser aplicada uma tensão contínua),fonte para os circuitos de vídeo 180 a 200V,tensão de alimentação do CI de saída vertical + ou - 24V e outras.Quando suspeitamos de avarias nesta área, este, é um componente que obrigatoriamente terá que ser testado.

  • Contagem dos pinos do Transformador de Saída Horizontal ou Fly-Back


    A contagem dos pinos deste transformador faz-se no sentido dos ponteiros do relógio começando no lado esquerdo.
  • Os controles do Transformador de Saída Horizontal


    O potenciómetro de foco faz a imagem ficar com maior ou menor nitidez e mais ou menos desfocada.

    Ver abaixo O potenciómetro de foco torna a imagem mais nítida ou embaçada. Já o de screen controla o brilho da trama.

    Veja as fotos abaixo:



  • Transformadores de Saída Horizontal (Fly-Backs) para TVs e Monitores


    Os transformadores de saída horizontal usados nos Monitores de computadores, têm um isolamento maior que aqueles ques são usados nas TVs e, por esse motivo, são mais caros.Outra diferença, é que usam um condensador de filtro interno para filtrar o MAT pois, a capacidade do tubo dos Monitores, é baixa, não sendo suficente para fazer essa filtragem.Uma vez que a capacidade dos tubos usados nas TVs é alta, não é, neste caso, necessário colocar o condensador interno no transformador.

    Os defeitos mais comuns nos transformadores, de Monitores são:

    Curto no condensador interno, fuga de MAT e defeito nos potenciómetros de ajuste de foco o que vai causar imagem baça.Este problema poderá ser corrigido com a instalação do kit de foco.

    Os defeitos mais comuns nos transforamdores de TVs são:

    Curto nas espiras do mesmo enrolamento ou curto entre enrolamentos,fuga de MAT e por vezes mau contacto nos pontenciómetros de ajuste de screen e foco.

    Abaixo pode ver a foto e o esquema de cada um desses transformadores.

  • Bobina Deflectora Horizontal (ou Yoke)

    A bobina deflectora horizontal, recebe os pulsos através do colector do transístor de saída horizontal (de linhas).Estes pulsos, vão fazer circular uma corrente de dente-de-serra com a frequência de 15.625Khz (Portugal) e 15.750Khz (Brasil), pelos enrolamentos das bobinas.Deste modo, é criado o campo magnético que vai movimentar os electrões da esquerda para a direita do ecram (tela).As bobinas deflectoras horizontais, são as que ficam no interior do conjunto das deflectoras.

  • Condensador de acoplamento

    Este condensador é de poliester e tem um valor elevado, (0,22 a 0,82mF) para uma tensão até 400V.Está ligado em série com as BDV.A sua finalidade, é o bloqueio do B+ do colector do transístor de saída horizontal (de linhas), impedindo esta alimentação de ir para o terra.

  • Condensador de sintonia ou largura.

    Este condensador,é de poliester e está ligado entre o colector do transístor de saída horizontal e o terra do chassis.Serve para controlar a largura (horizontal) da imagem.O valor deste condensador, situa-se entre os 2,2 e os 12nF suportando uma tensão de até 2KV (2000V).Quando este condensador tem a capacidade muito reduzida, o MAT, irá sofrer um aumento excessivo o que terá como consequência a queima do transístor de saída horizontal.

  • Algumas Dicas Sobre o Circuito Horizontal



    Com o CI do oscilador horizontal em bom estado de funcionamento,na saída HOUT, teremos a frequência de 15.750khz (PAL-M) Brasil, ou 15.625Khz, (PAL-BG) Portugal, (com uma pequeníssima tolerância para mais ou para menos).Esta frequência, não se irá alterar desde o pino do CI oscilador até à base do transístor de saída horizontal.
    A forma de onda,esta sim vai se alterando em amplitude ao passar os vários pontos do circuito mas, a frequência, irá permanecer sem alteração até chegar na base do transístor de saída horizontal, desde que todos os componentes ao longo dessa linha estejam a funcionar sem problemas.
    A ausência de pulsos de Sincronismo Horizontal, provoca a falta de caracteres (OSD), uma barra negra nos lados da tela, problemas de côr e por vezes certos defeitos meio estranhos.
    Quando as alimentações do CI Oscilador horizontal,do driver horizontal e do transformador de saída horizontal (fly back), se encontram incorrectas ou se existirem nesses circuitos, condensadores e resistências com o seu valor alterado, a frequência irá alterar-se deformando as formas de onda e fazendo o transístor de saída horizontal aquecer em demasia queimando-se rapidamente se continuarmos com o aparelho ligado.Ter também em atenção neste caso os componentes do circuito ABL.

  • Quando o transístor de saída horizontal aquece demasiado

    Quando este transístor aquecer exageradamente e não existe uma resistência entre a base do driver e o transformador do driver, fazer o seguinte:

    Caso o condensador de largura esteja em bom estado,interromper a trilha e adicionar uma resistência de 1R/3W acrescentando, também, um díodo rápido (1N4007 por exemplo), em paralelo com essa resistência, com o ânodo ligado na base do transístor driver.Alterar o valor da resistência para mais ou para menos até encontrar o ponto em que o transístor deixe de aquecer sem haver distorção da imagem.